Nós não somos o que fazemos

Retomando nossos trabalhos no TDC, achei interessante trazer uma questão importante para reflexão e que interfere em nossas decisões profissionais: Status. Como se não bastassem às preocupações cotidianas do mercado de trabalho, que procura cada vez mais um profissional multifacetário (mesmo que o salário não seja coerente com esse perfil), vemos que as decisões dos profissionais não estão baseadas puramente na proposta apresentada. Muitos aceitam trabalhos que não lhe deixam satisfeitos ou não pagam suas contas, apenas pelo status do cargo que ocupam ou da empresa em que fazem parte. Recentemente a Brasil Post  divulgou uma postagem com depoimentos de grandes ex-executivas da Google e da Lehman Brothers que contam o quanto foi difícil abrirem mão dos seus cargos porque eles representavam quem elas eram para a sociedade, o que elas faziam. E isso é o que realmente pensamos. Sempre que conhecemos uma pessoa nova logo perguntamos “Você faz o que?” e a depender da resposta nosso interesse pode aumentar ou diminuir em relação a ela. Trabalhar com o que se ama, ganhando um bom salário e em uma empresa que se admira infelizmente não é um combo tão fácil de conseguir. Porém, o trabalho não é o que somos, é apenas uma parte de nós. Quantas pessoas apenas juntam dinheiro em seu trabalho para gastá-lo com atividades que lhes dão prazer? Ao conhecer uma nova pessoa pergunte dos seus interesses, tenho certeza que as respostas abrirão muitos mais possibilidades para uma conversa do que simplesmente sua posição dentro da empresa. Essa é a verdadeira essência do networking e é também uma ótima forma para se viver bem em sociedade.

Como falar bem

A voz é uma ferramenta importantíssima para o gestor. O canal da Você S/A no Youtube traz um série de vídeos com a fonoaudióloga Leny Kyrillos ensianndo como trabalhar a voz para captar a atenção do ouvinte e passar uma boa impressão. Para mim, um dos vídeos mais importantes é sobre entonação e pausa, que divido com vocês agora.

Vídeo: Reprodução

Aconteceu em Salvador: Congresso Latino Americano de Hotelaria Hospitalar

Apesar desse post ter dado problema na hora de postar, como comuniquei a vocês, não poderia deixá-lo de lado. O Congresso Latino Americano de Hotelaria Hospitalar foi um evento importante para a região nordeste, tão carente em eventos de gestão em saúde. Fui convidada por Virgínia Di Tullio a conferir de perto as novidades do Hospital Santo Amaro na área da hotelaria hospitalar e gostei muito das mudanças que estão acontecendo no cenário baiano. Além disso, sempre bom observar o que os hospitais de fora estão fazendo para garantir o bom atendimento.

 

 

 

 

Undercover Boss

Se estamos planejando atingir o topo, precisamos lembrar sempre que a frente de trabalho é essencial para a percepção do cliente, que pode ser positiva ou negativa. Conversar com os colaboradores, ouvir suas idéias, sugestões e reclamações é a melhor forma para manter um ambiente de trabalho saudável e garantir o sucesso nos negócios.

Pensando nisso, a CBS criou um programa chamado “Undercover Boss” que leva a cada semana o CEO de uma grande companhia para trabalhar disfarçado em seu próprio negócio afim de ver os reais problemas e se aproximar de alguns funcionários.  Vela a pena conferir!

 

Clipping

Empreender saúde - Aplicando Marketing ao seu Consultório 04.02.2012

 

Empreender Saúde – Captando a Classe C para o seu consultório 14.02.2012
 
 

Grupo Caproni - Aplicando Marketing ao seu consultório 07.03.2012

 

Empreender Saúde - Gestão de Serviço: Conceitos básicos para o seu consultório 19.03.2012

Acontece em São Paulo : Mulheres S/A

Dia 18/04 (quarta-feira) o Empreender Saúde lançou outra ação inovadora: Mulheres S/A, que trouxe brilhantes empreendedoras da área da saúde para expor os desafios do setor.

O evento aconteceu em São Paulo, no CETRUS e contou com a participação de  Paula Meira, administradora  Fundadora da Interne Home Care, empresa líder do mercado de home care em Pernambuco; Patrícia Lacombe, fisioterapetura Fundadora do Instituto Patrícia Lacombe, que criou um inovador modelo de reabilitação postural e hoje atua em parceria com a Amil, Fátima Macedo, psicóloga Fundadadora da Mental Clean, que  auxilia  grandes organizações como Vale do Rio Rio Doce na gestão da Saúde Mental de seus colaboradores e Alessandra Gallo, farmacêutica fundadora da AGP, que após alcançar excelentes resultados na Casa de Cuidados Cantareira criou um negócio especializado na gestão de casas de repouso.

Além da novidade no tema, o Mulheres S/A estreou a transmissão ao vivo do evento, em caráter experimental, para aqueles que não puderam conferir de perto. Se você ficou curioso, pode checar quatro das cinco palestras clicando aqui.

 

Imagem: Reprodução

We are the future – mensagem aos profissionais de marketing

Foto da Semana: É tudo tão simples

As 24 coisas que já aprendi…

Hoje é um dia muito especial para mim e apesar da pouca idade gostaria de dividir algumas coisas que aprendi.

01- Conheça-se cada vez mais;

02- Guarde sempre um tempo para ficar sozinho;

03- Determine o que você quer da vida e trabalhe sem perder o foco;

04- Valorize sempre a sua família;

05- Escute os conselhos dos mais velhos e reflita;

06- Converse com seu anjo da guarda;

07- Busque sempre conhecimento, nunca é demais;

08- Sempre encontre tempo para fazer o que gosta. Cante, dance, se exercite!

09- Seja respeitoso mas não seja omisso;

10- Sempre escute mais do que fale;

11- Seja educado e gentil, o dia-a-dia já é desgastante demais para ser lidado com grosseria;

12- Confie em você;

13- Respire fundo, é a melhor maneira de relaxar e pensar claramente;

14- Seja humilde;

15- Sempre esteja aberto a aprender;

16- Organize seu dinheiro, só assim você saberá viver o presente sem se esquecer do futuro;

17- Pedir ajuda não é nenhum demérito;

18- Você não faz amigos, reconhece-os;

19- Tudo muda;

20- O tempo cura;

21- O amor transforma;

22- Dê valor às pequenas coisas;

23- Celebre suas conquistas;

24- Aprenda a viver com você, não se cobre tanto.

 

Gestão do Serviço – Conceitos básicos para o seu consultório

Quando o que vendemos é serviço o trabalho para conquistar o consumidor é redobrado. Isso porque estamos tratando de algo intangível, vários fatores interferem na entrega, fazendo-se necessário refletir toda a qualidade que se quer passar através dos pontos de contato com o cliente. Esse é o primeiro dos quatro pontos básicos do serviço, que envolve desde a escolha da arquitetura do consultório até o cartão de visita e papelaria utilizada. Outro conceito importante é o da perecibilidade. Algo muito simples. Se o seu paciente faltar a consulta você tem como recuperar aquele horário marcado? Nós sabemos que não, pois mesmo que ser trabalhe mais outro dia, aquele período já foi perdido. Por isso, é preciso pensar em ações de marketing que diminuam esse prejuízo e garantam a lucratividade do seu negócio.

A busca da lucratividade nos leva às duas ultimas características do serviço: Variabilidade e Inseparabilidade. A primeira determina que devemos seguir padrões de atendimento, garantindo a eficiência do serviço e principalmente a satisfação do cliente, além de facilitar o trabalho dos funcionários.  Mas isso não quer dizer que todo o tipo de cliente deve receber o mesmo atendimento. Através do gerenciamento dos consumidores, é possível identificar aqueles mais lucrativos, os clientes padrões e os que dão prejuízo. A percepção que ele tem do serviço deve ser compatível com o retorno que ele traz para o consultório. Ou seja, o serviço padrão deve ser oferecido sempre com excelência, eficácia e ética, porém os valores agregados ao seu negócio como, tempo de espera e serviços adicionais, são alterados de acordo com o perfil de cliente.  Já a inseparabilidade aborda um ponto importantíssimo que é o atendimento, uma vez que é impossível realizar um serviço sem lidar com pessoas. É preciso treinamento para garantir uma equipe motivada e com foco em resultados. O principal deles? A satisfação do seu cliente, para que ele sempre volte. Esses são pontos básicos que trazem variadas formas de trabalho dentro do seu consultório. As ações de marketing devem ser traçadas para garantir a boa gestão do seu negócio.


Pricila Paro
É graduada em Publicidade. Pós-graduada em Marketing e Gestão Hospitalar. Atua na área de marketing de uma grande instituição de saúde baiana. Colunista do Empreender Saúde. Escreve para o blog www.traineedeceo.com.br com foco em comunicação e marketing para novos profissionais.  Assessora profissionais de saúde que buscam otimização na gestão de seus consultórios e clínicas.

 

A reprodução dos textos de autoria de Pricila Paro são PERMITIDAS desde que citado o autor e o endereço eletrônico http://www.traineedeceo.com.br

Imagens: Reprodução