O 27° Salão do Automóvel trouxe várias novidades para o setor automobilístico, mas também um case muito interessante para todos os mercadólogos e criativos de plantão que acreditavam estar longe do Marketing 3.0.  A Fiat e seus clientes lançaram o Fiat Mio, um carro construído a partir de idéias e sugestão dos consumidores seguindo o exemplo de empresas como a Nike e a Crushpad. Segundo Kotler, no HSM Expo Management 2010, o conceito de co-criação ou Open Source Branding nasce diante de um cenário onde a relação é pautada na emoção, porque a verdade é que o cliente não precisa mais de nenhum produto, ele o consome por desejo e não por necessidade. Dessa forma, porque não inverter o processo produtivo e dar ao cliente fiel a liberdade de dizer o que quer?

A Fiat abriu o desafio para os seus clientes em 2009, pedindo que eles dessem sugestões para a criação de um carro-conceito para o futuro, com espaços não só virtuais, mas também físico, onde o consumidor acompanhava a confecção do carro (Casa Mio). Foram mais de 11.000 idéias enviadas e 17.000 participantes de todo o mundo que geraram 21 modelos de carro conceito adaptados para os 02 atuais : Sense e Precision. São veículos urbanos, compactos e econômicos. Em termos de sustentabilidade, usam energia limpa e materiais ecológicos. Em se tratando de informação, possuem integração com celular, media player, GPS e outros gadgets via um sistema operacional próprio. Para complementar, tela touch screen, head-up display (HUD) e autodiagnóstico.

Toda a estratégia, plataforma colaborativa e gestão operacional foi responsabilidade da AgênciaClick, que utilizou novas ferramentas de comunicação para promover a nova criação da Fiat. Uma delas foi a Rede Social de Notícias, Busk, que permite ao usuário acompanhar as notícias que sua rede de relacionamentos está lendo, formando um grande Clipping de assuntos interessantes. Os clientes não se contentam mais em ter produtos pensados para eles, é preciso incluí-los no processo, o que ao meu ver é uma grande vantagem pois substitui a pesquisa de mercado por uma relação unilateral com o cliente que garante maior porcentagem de sucesso e venda. Segue abaixo uma explicação maior sobre o Open Source Branding e o case do Fiat Mio cedido pela Ana Cortat (VP Brand Strategy da AgênciaClick), que deixa os mercadólogos e publicitários como eu mais empolgados para esse novo desafio.