#ff

#FF: Ivete Sangalo

O #FF de hoje é típicamente baiano, uma mulher “massa” que construiu sua carreira em bases sólidas e hoje além da música, também é um sucesso no mundo dos negócios. Ivete Sangalo tem um patrimônio estimado em 500 milhões de reais, é uma das acionistas do gupo Caco de Telha (empresa que cuida da sua carreira e de outros artistas), além de produzir shows e mãe em tempo integral.
Quer saber o segredo de Ivete? Planejamento. Asim que começou a ganhar dinheiro realizava aplicações por indicação do prórpio banco porém, perdeu muito dinheiro. Hoje ela possui uma corretora que cuida das suas finanças e diversifica seus investimentos, sempre guardando uma parte do dinheiro. Como projetos futuros, ela planeja abrir uma casa de shows em Salvador e uma instituição filantrópica para daqui a 2 anos.
Outro ponto importante para a administração de suas atividades é concentrar tudo em um mesmo lugar, nesse caso a sua casa é o QG de tudo, desde ensaios até fotos publicitárias.
Um ótimo exemplo para as mulheres independentes e empreendedoras.

 

Imagem: Reprodução

#FF: Luisa Accorsi

O #FF foi uma grande surpresa para mim. Um dos meus grandes hobbys é moda, adoro todo esse universo fashion, cresci com minha tia produzindo o Barra Fashion aqui em Salvador e me apaixonei. Os blogs de moda são quase uma febre, ficou muito fácil criar o seu espaço virtual e dividir todos aqueles temas que as mulheres adoram: moda, beleza, dicas, compras, comportamento, lazer…
Dentro desse mundo eu descobri o blog Sonhos de Crepom, escrito pela Luisa Accorsi, e me encantei. Isso porque lá eu encontrei um modelo de negócio muito bem projetado por ela que tem apenas 22 anos. A Luisa fez do blog a sua profissão e sua fonte de renda, onde não só é possível a venda de espaço publicitário, como também desenvolveu uma loja virtual onde ela vende as roupas que utiliza em vários looks. É ou não é inteligente?

layout do Sonhos de Crepom

 
Outro grande diferencial do blog, e talvez o que mais me conquistou, foi a parceria firmada com outras jovens profissionais que estão inciando suas carreias. O blog conta com Letícia Padilha para tirar fotos profisisonais, Carolina Thomaz que cuida da parte áudio-visual, Edialez Paluski com dicas de nutrição e a Deborah Jabur para falar sobre maquiagem.
É um grande exemplo para os Trainees de CEO de plantão que estão buscando ascensão fazendo o que gostam. A Luisa é , merecidamente, o nosso primeiro #FF de 2012, acompanhem a entrevista.

 

TDC: Como iniciou sua carreira de blogueira?

LC: Eu curso Jornalismo, mas sempre gostei de moda e sentia falta de escrever algo relacionado a esse assunto na Faculdade. Assim, resolvi abrir um blog como uma espécie de estágio, uma meio para eu treinar minhas habilidades como “jornalista de moda”. Com o tempo, o blog foi crescendo e se tornou algo profissional, e hoje encaro como uma profissão e não mais um estágio.

TDC: Como surgiu o projeto Sonhos de Crepom e como foi a sua concepção?

LC: No começo eu tinha um blog com outras duas amigas, mas quando eu percebi que eu realmente gostava de ser blogueira, e que aquilo iria se tornar a minha profissão, decidi fazer um blog pessoal, que fosse bem a minha cara. Foi aí que surgiu o Sonhos de Crepom. A primeira etapa foi pensar em um nome e na filosofia do blog, seu objetivo. Depois, como eu queria que esse blog fosse mais profissional, eu entrei em contato com um escritório de design para fazer o layout do blog e também fiz questão de procurar parceiras especializadas em várias áreas – nutrição, fotografia, beleza, edição de vídeo – para ajudar a dar mais conteúdo e credibilidade ao blog.

TDC:Qual foi seu principal desafio até hoje?

LC: O principal desafio é conciliar a faculdade, a vida pessoal, a minha marca de roupas com o blog. Muita gente acha que ter um blog é fácil, não dá trabalho, mas isso não é verdade! Além de postar todos os dias, eu tenho todo um trabalho de pesquisa de tendências, elaboração de montagens, ensaios fotográficos… e também faço questão de responder todos os comentários e emails das leitoras!

TDC: Como você enxerga a blogesfera atualmente?

LC: Acho que os blogs estão ficando cada vez mais populares. Por outro lado, vejo uma crítica muito forte em relação aos blogs, às meninas que tem erros de português e que tem blogs sem conteúdo. Assim, acho que a tendência é que os blogs continuem crescendo, mas que haja uma valorização de blogs que se preocupem com conteúdo e profissionalismo.

TDC: Como você se vê daqui a 10 anos?

LC: Quero que minha marca de roupas esteja consolidada e quem sabe o blog possa ter evoluido para um portal de moda, por exemplo, que tenha a minha visão pessoal mas aborde diversos outros assuntos também.

TDC: Qual o seu conselho para os jovens profissionais?

LC: O mundo profissional é muito competitivo, seja qual for a área! Então o segredo é ter muito determinação e persistência, e não desistir na primeira dificuldade.

 

#FF: Cláudia Neves

 

Conheci Cau no meu MBA e de cara já me identifiquei. Inquieta que nem eu, essa mulher linda tem um perfil empreendedor e agora comanda o blog de moda e comportamento www.bowlmix.com .

 

TDC: Como iniciou sua carreira? 

CN: Como sou formada em Jornalismo, comecei minha vida profissional sendo assistente de produção da TV Itapoãn (Record). Aprendi e amadureci muito lá e até hoje me lembro de momentos e situações que passei, que levo para minha vida! Mas não me encantei pela profissão e então resolvi mudar de área e fui trabalhar coordenando o setor financeiro administrativo de uma empresa de meu pai. Também não me encantei. Sempre fui muito inquieta, queria empreender, gosto do desafio, do novo, a calmaria me incomoda. Foi quando montei o Cais Dourado Eventos, e fiquei á frente durante 3 anos. Hoje, tenho uma empresa de eventos, a Novo Palco Eventos, e o bowlmix.com!! E amoooo o que faço!! Me encontrei!!

 

 TDC: Qual foi seu principal desafio ?

 CN: Foi o momento de implantação do Cais Dourado. Na cais eu fiz de tudo, desde a concepção do projeto, implantação do negócio, até colocar pra “rodar”. Foi talvez o maior desafio que tive até hoje. Tive que aprender a lidar com todo o tipo de gente, fornecedor que não aparecia pra montagem, cliente que não pagava, produtor que queria colocar o dinheiro da bilheteria no bolso e sumir no mundo… enfim, não foi fácil! Mas me fez amadurecer e aprender muito, hoje com certeza sou menos inocente do que já fui um dia. Também tive momentos maravilhosos, claro! Fizemos shows fantásticos como Maria Rita, O Rappa, os ensaios de Jau, várias festas eletrônicas com Dj internacionais… e o meu casamento, que foi lá! rs

 

  TDC: Como surgiu a idéia do Bowl Mix?

 CN: O Bowl Mix surgiu a partir de uma vontade de falar e compartilhar um pouco do meu mundo. E digo meu mundo porque são coisas que me interessam, sobre assuntos variados que poderiam também interessar outras pessoas. E funcionou! O BM vai fazer 4 mêses com 45.000 acessos no total. É o meu filhinho!

 

TDC: Como você enxerga a blogesfera atualmente ?

 CN: Enxergo como um meio de comunicação super importante e útil no mundo atual, no qual podemos interagir  e trocar experiências, que outro veículo não permite. É um setor da comunicação que tem crescido e ganhado cada vez mais força. Uma certa vez fui numa reunião com um cliente em SP que disse que parte da verba de patrocínio de uma grande empresa de perfumes para 2012, estava destinada aos blogs porque um estudo provou que foi o tipo de mídia que mais lhe deu retorno. É isso… o blog permite uma comunicação direta e certeira com o seu público alvo.

 

TDC: Como você se vê daqui a 10 anos?

 CN: Me vejo com uma família linda, dois ou três filhos (ainda não sei), meus pais, irmãos e amigos  por perto, e trabalhando sempre no que eu gosto. Pra mim, este é o verdadeiro sentido da vida!

 

TDC: Qual seu conselho para os jovens profissionais?

 CN: Sigam o seu coração e façam sempre o que vocês gostam, o que te dá prazer. Mesmo que demore a descobrir, tente, erre, recomece… Claro que sempre com muita persistência, determinação e garra… o resto vem!!

 

 

#FF: Clarissa Medeiros

 
 
 
Queridos Trainees de Ceo do Rio Grande do Norte, aqui está uma representante a altura! Clarissa Medeiros, a Cacai, é um grande exemplo pra mim desde o curso que fiz na ESPM sobre Marketing de Relacionamento. Ela é uma verdadeira comunicóloga de sucesso, que transmite realmente o seu amor pela profissão. A KKI Agência é diferenciada desde o site, tem uma visão bem legal de marketing e publicidade, que faz tudo ficar bem divertido.
 
 
TDC: Como iniciou sua carreira?
 
CM: Comecei fazendo estágio. Desde meu primeiro ano de faculdade já trabalhei na área! E fiz as mais variadas coisas… Tudo que vc aprende um dia é útil!
 
 
TDC: Qual a principal característica para os profissionais de comunicação?
 
CM: Tenho um amigo que chama de “Pegada”. Eu chamo de “desenrolamento!” Hahaha
 
 
TDC: Como surgiu um conceito tão diferenciado quanto o da KKI Agência?
 
CM: Humm, boa pergunta! Acho que veio da minha vontade incontrolável de me divertir. Brindaceira. Acho que o conceito da KKi veio na verdade do não conceito. Adoro fazer as coisas do jeito que geralmente não são feitas.
 
 
TDC: Na KKi existem muitos profissionais da Geração Y? Como você os caracteriza?
 
CM:  Tirando eu e outro, acho que todo resto é geração Y. Mas mesmo nós da X, temos um pezinho na Y. Eles são dinâmicos, de fácil adaptação a mudança e pró-ativos.
 
 
TDC: Qual seu conselho para os jovens profissionais?
 
CM: Meta a cara, mergulhe de cabeça e não desperdice nenhum aprendizado. Ahh, mais um coisa, se divertir é melhor que ganhar dinheiro.
 

Mini CV (muito mini porque a Cacai realmente tem muita experiência)

Comunicação Social – Jornalismo (Conclusão 2000.1)Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN 

Publicidade e Propaganda (1994 à 1997 – incompleto)Universidade Potiguar – UnP

MBA – Marketing Estratégico (cursando)
FARN – Faculdade Natalense para o desenvolvimento do RN.

KKI.com.br
Agência de Comunicação Integrada
Função: Sócia Fundadora-Diretora de Criação (Desde 2002) 

RosaChoque.com (Setembro de 2003 a 2008)
Portal de Notícia – (www.rosachoque .com)
Função: Sócia-Diretora de Tecnologia e Editora 

Rotary Club Natal Potiguar
Diretora de Relações Públicas e Marketing (Gestão 2009/20010) 

Rotary Club Natal Tirol
Presidente (Gestão 2010/2011)

#FF: Michel Krieger

Paulistano de 25 anos, esse jovem profissional é exemplo de determinação. Ele é um dos fundadores do Instagram, um dos aplicativos mais famoso da Apple Store.

Michel já via o promissor mercado de TI desde novo. Com 18 anos, foi para os Estados Unidos para cursar Symbolic Systems (ciência da computação + design) na faculdade de Standford. Em 2010, Michel e seu sócio Kevin, tiraram a idéia do papel, e com um investimento de 50.000 dólares vindo de investidores, lançaram o Instagram. Em 01 semana já tinha 100.00 de usuários, amantes da fotografia digital. Já em 2011, receberam 7 milhões de um conselheiro do Facebook. Acaso? Não mesmo,um exemplo perseverança e trabalho.

Vamos aguardar o novo modelo de negócio que está por vir para esse aplicativo.

 Imagem: Reprodução

#FF: Steve Jobs

O Follow Friday dessa semana não podia falar de outra pessoa que não Steve Jobs. Sua morte foi sentida em todo o mundo e não só os amantes de tecnologia ficaram órfãos mas todos que conhecem a sua biografia e se identificam com sua filosofia de vida. Jobs foi um homem visionário e que tinha dentro de si a coragem de seguir o seu coração. Apesar das suas excentricidades, ele ensinou que a vida tem suas dificuldades, que estão aí para nos levar para um novo patamar e que a morte faz parte do ciclo, mas se você está nesse mundo, tem que fazer a diferença e não desistir até conseguir fazer o seu melhor. Aqueles que não conhecem o famoso discurso de “Como viver antes de morrer” (click para ter acesso ao vídeo), devem ouvir com atenção um breve resumo da vida desse homem, que sem diploma universitário, construiu uma das empresas mais revolucionárias do mundo.

leia mais »

#FF : Lolita Zurita Hannud

 

O Follow Friday de hoje traz uma das minhas referências no quesito EMPREENDEDOR.

Lolita Hannud, de 23 anos, é um dos grandes nomes da moda brasileira, a frente da marca LOLITTA (www.lolitta.com.br) que está presente no guarda-roupa das It Girls e dando um toque sofisticado à uma matéria prima tão “nossa” quanto o tricô.

Com apenas 03 anos de mercado, a marca LOLITTA (com 02 Ts por conta da numerologia), conquistou o mercado nacional e internacional , exportando para mais de 10 países. Tanto sucesso vem de muita dedicação e talento de Lolita, que cresceu em meio às confecções da mãe e desde seus 12 anos vem realizando cursos para modernizar a produção e aprender técnicas para a concepção das coleções. Até os seus 16 anos, ela liderava LOLITA TEEN, que chamou não só atenção pelas roupas, mas também pela pouca idade da empresária, com direito a catálogo e participação em programas de TV.
Lolita cursou Administração e Marketing na ESPM; e Fashion Design nos Estados Unidos. Para mim, um grande exemplo de perseverança, dedicação e principalmente paixão pelo o que faz, me inspirando sempre. Uma real história de um Trainee de Ceo, atitude típica de Geração Y. Quer conhecer mais sobre a Lolita Hannud? Siga o seu blog  lo-v-it.com ou @LOLITTAzh.

Antes (LOLITA TEEN)

Depois (LOLITTA)

Referência: lo-v-it.com
Imagens: Reprodução

#FF : Rebeca Carvalho

 

Rebeca Carvalho é uma típica representante da Geração Y. Comunicóloga dedicada, sou suspeita para falar dessa grande amiga criativa, mas me identifico muito com ela e acredito que todos dessa geração também. Vamos comparar a Geração Y com a Z?

TDC: Qual foi o principal desafio da sua carreira até hoje?
RC: Tive dois grandes desafios por onde passei. O primeiro, foi ainda como assistente, assumir todo um setor de atendimento de uma agência, com contas grandes e complicadas. O segundo, foi pegar a conta de um grande cliente para atender com campanha prestes a estourar e ainda sem planejamento. Estes dois desafios me trouxeram a certeza de que sou capaz de muito mais.
TDC: O que você considera a maior dificuldade do mercado de trabalho atual?
RC: A maior dificuldade no mercado de trabalho atual é encontrar uma empresa que respeite o funcionário. Acredito que por conta do desinteresse na empresa em ser sincera, clara e justa com os trabalhadores, a cada dia, vamos ter mais profissionais medíocres, que aceitam qualquer injustiça e se contentam com péssimas condições de trabalho.
TDC: Como seria seu emprego dos sonhos?
RC: Ahh…o emprego dos sonhos! Juro que não seria aquele em uma ilha, ganhando milhões e cuidando de tubarões. Meu trabalho dos sonhos seria um trabalho do lado de casa, num lugar super organizado, em uma empresa onde todos estão satisfeitos e tratam seus colegas com respeito e admiração e em que eu esteja tendo a oportunidade de desenvolver um trabalho gratificante não só pra mim mas também para empresa. Um trabalho em que seu esforço, gere sua satisfação. Estou chegando lá!
TDC: Como você se vê daqui a 10 anos?
RC: Daqui há 10 anos eu estarei com uma excelente idade, ainda jovem, amando o que faço, tendo uma excelente qualidade de vida e no trabalho dos meus sonhos.
TDC: Qual a maior contribuição da geração Y?
RC: A maior contribuição da geração Y, é a capacidade de resolver problemas em um curto período de tempo já que, dispõem de milhares de recursos, agilidade e esperteza para gerar resultados. É também a necessidade de sempre estarmos nos reinventado.

 

Mini CV

Rebeca Carvalho tem 23 anos e é formada em Comunicação Social com Publicidade e Propaganda.
Trabalha desde o primeiro semestre da faculdade, testando, aprendendo e procurando o seu rumo.
Passou por Rádio, por Shopping, por Seguradora, por algumas agências de propaganda.
Por onde passou, absorveu o melhor da prática e hoje, tem facilidade em lidar com diversos tipos de pessoas. Atualmente, é executiva de atendimento da Office Shopping. Uma empresa pioneira no mercado no ramo de comercialização de espaços no mall e merchandising em Shopping Center.


#FF: CAMILA SHIBUYA

Ao conhecer Camila Shibuya, 17 anos, me surpreendi com a maturidade e foco na vida profissional desde cedo. Aproveitei a oportunidade para entender mais a fundo a Geração Z, que está chegando ao mercado de trabalho.

TDC: Camila, você faz parte da Geração Z, como enxerga essa nova turma que começa a invadir o mercado de trabalho?

CS:  É como se existissem 02 grupos distintos dentro da mesma geração, uma parte imatura e outra que está correndo atrás de um bom futuro desde cedo. Somos muito competitivos, já que o inglês não é mais um diferencial, temos que dominar mais de 02 idiomas para nos destacar. Acredito que um bom CV ajude porém o maior diferencial é a personalidade, ter uma cabeça boa. A Geração Z  tem uma grande parte de pessoas que se perdem na tecnologia para esconder problemas, estão sempre insatisfeitas e acabam usando as redes sociais como vício e não como uma boa ferramenta de networking.

TDC: Quando você começou a pensar no mercado de trabalho?

CS: Quando entrei no Ensino Médio, tinha 16 anos  e consegui meu primeiro emprego.

TDC: O que você está fazendo para se preparar para o mercado de trabalho?

CS: Tudo tem que ser muito rápido, sem perder muito tempo. Agora estou pensando na faculdade, já realizei meu intercâmbio para dominar o inglês e ter uma experiência internacional.

TDC: Como seria seu emprego dos sonhos?

CS: Em uma empresa com cara de Geração Z (risos)! Que seja aberta a opiniões e preocupada com a qualidade de vida dos funcionários. Quero crescer dentro da empresa e chegar à diretoria, de preferência uma multinacional para que sempre possa utilizar o inglês.

TDC: Como você se vê daqui a 10 anos?

CS: Casada, com filhos e uma vida estável. Quero conseguir mais do que os meus pais conseguiram e ter uma vida tranqüila em família, com um bom emprego e sem me preocupar com dinheiro.

 

Mini CV

São Paulo – SP

Ensino Médio Concluído

Acabo de voltar de uma experiência Internacional, na qual conclui os cursos: English Second Language, General English e International Trade.

Objetivo futuro: Obter um diploma universitário no curso de Relações Internacionais.

Crítica, disposição, responsabilidade e ambição são as palavras que me descrevem