Na noite de sábado, dia 27 de Agosto, aconteceu o UFC 134 que mobilizou milhões de pessoas na frente da TV e 15 mil adoradores do MMA (Mixed Martial Arts) no evento que aconteceu no Rio de Janeiro. O Ultimate Fighting Championship está se tornando muito popular no Brasil, sendo eleito pelo site Turnkey Sports Poll o esporte que mais cresce no mundo que mobiliza fãs e também grandes marcas patrocinadoras.

Particularmente, eu não tinha noção de como funcionava o UFC  até participar do 129 que aconteceu em Toronto esse ano. Enquanto meus amigos corriam atrás de ingressos, eu acabei caindo de pára-quedas na festa de comemoração da equipe de marketing do UFC que aconteceu no Gretzky 99 e realmente não esperava um evento tão gigantesco e com tantos fãs fanáticos.  Essa experiência me ajudou a ver de perto os esforços do marketing para que o UFC se torna-se essa grande marca que movimenta mais de R$70 milhões por noite e que vai além das lutas, trazendo produtos próprios como souvenir, brinquedos, games, roupas, materiais esportivos, entre outros.

Criado por um brasileiro e um americano, o UFC foi vendido por R$1 milhão para os irmãos Fertitta e hoje vale R$2 milhões, segundo a revista Forbes.

O UFC Rio trouxe algumas curiosidades. A primeira envolve o canal Rede TV, que é o canal de TV aberto oficial do evento até dezembro, que atingiu 10 pontos de audiência na noite de sábado. Esse resultado acirrou a disputa entre Rede TV e Globo para 2012, já que algumas lutas do MMA já estão marcadas para acontecer no Brasil.

Durante toda a semana que antecedeu o UFC Rio, o protagonista da noite, Anderson Silva, participou da campanha da Budweiser pelo Facebook. A cerveja ainda não foi lançada no Brasil, mas aproveitou o público para a captação de consumidores já que o marketing esportivo está envolvido diretamente com o emocional. Com a intermediação da 9ine e criação da agência Africa a marca começou sua campanha de marketing nas mídias sociais mostrando a preparação de Anderson para a luta através de sua fan page no Facebook. Os seguidores também podiam ganhar ingressos para o camarote da Budweiser no Facebook e no Twitter.

O fenômeno Ronaldo, agora aposentado dos gramados, está batendo um bolão com a sua empresa de Marketing Esportivo – 9ine. A empresa agencia Anderson Silva, campeão mundial de MMA (Mixed Martial Arts) na categoria peso médio do UFC. Dessa forma a 9ine, fica responsável pela captação de patrocinadores para o lutador. “A 9ine tem um conceito de exclusividade, o que significa trabalhar apenas com poucos atletas e marcas, todos de ponta. Esse é o caso do Anderson Silva, um dos maiores competidores de MMA do mundo”, comenta Ronaldo. Apoiado por grandes marcas como Burger King, Budweiser e Nike, a novidade foi o time de futebol Corinthians como patrocinador do lutador, sobrepondo duas marcas fortes mesmo com esportes distintos. O trabalho da 9ine está sendo gigantesco. A primeira atividade da empresa foi criar um Twitter para o Anderson (@spideranderson).” Essa é uma parte bastante importante do nosso trabalho”, comentou Evandro Guimarães, diretor de operações da agência de comunicação, em nota. “Além de RP e contratos de patrocínio, estamos preparados para fazer com que ele tenha presença digital planejada e que possa dividir com os fãs o seu dia a dia”.Os números representam bem o alcance que o lutador conseguiu adquirir na internet. Em apenas alguns dias de funcionamento, a página de Anderson Silva no Facebook acumulou mais de 288 mil fãs, isto é, pessoas que decidiram por espontânea vontade receber atualizações e novidades sobre ele diariamente.O perfil do atleta no Twitter, por sua vez, reúne em torno de 464 mil seguidores. Todas essas pessoas recebem mensagens todos os dias do lutador. O que é há além de comentários sobre combates e trocas de mensagens com Ronaldo? Chamadas para campanhas e produtos de Budweiser, Burger King, Nike e Corinthians.Essa mídia, especificamente, ainda carrega outro recorde notável. Quando Anderson enfrentou Vitor Belfort, em duelo que durou três minutos e 25 segundos, o Twitter registrou média de 33 mensagens por segundo com a hashtag “#UFC126”, em referência à nomenclatura do confronto. Nem a Copa do Mundo de futebol chegou a nível tão expressivo de comentários na internet.Embarcando na visibilidade gerada pelo patrocinado na rede, a Ambev, por meio da marca Budweiser, já divulgou que irá criar reality show a ser protagonizado por ele. O intuito é levar ao Facebook vídeos de preparação para combates, curiosidades e situações inusitadas. Alguns dos usuários que interagirem com a campanha, criada pela agência Africa, levarão ingressos.

O trabalho feito com a imagem de Anderson Silva não se restringe à internet. Outra vertente explorada pela 9ine para difundir a figura do lutador foi a televisão. A primeira grande aparição, aquela que gerou mais repercussão, foi a entrevista dada ao Fantástico, da Globo.Posteriormente, o lutador cozinhou no programa da Ana Maria Braga, também na Globo, e dançou músicas com trejeitos do falecido cantor Michael Jackson no Altas Horas, da Globo, e no programa da Eliana, no SBT, entre outros.Até a característica de possuir tom de voz agudo, algo curioso para um dos lutadores mais temidos da história do UFC e do MMA, virou mote para fazer publicidade. A campanha da Burger King, sob o slogan “Tão assustador que você afina”, se refere justamente ao timbre do lutador.

Durante os comerciais, voltados tanto para a televisão quanto para plataformas na internet, Anderson Silva “dubla” a música Loving You, de Minnie Ripperton, essencialmente feminina. “Investimos nessa campanha porque acreditamos que ele tem muito a contribuir, deixando-a ainda mais divertida e irreverente, com a cara da marca”, resumiu Ariel Grunkaut, diretor de marketing da rede de fast-food, em comunicado.

Imagens: Trainee de Ceo / Reprodução

Referência: Máquina do Esporte