A classe C é hoje a maior parcela da população e estamos vendo a busca de várias empresas para conquistá-los afinal, o poder de compra aumentou. Os profissionais de saúde não querem ficar fora desse lucro e acabam adotando políticas de baixo preço (sem fugir da tabela de referência da classe) e alta rotatividade de pacientes pensando estar atraindo a classe emergente. Você pode estar trabalhando muito, abrindo mão da sua vida pessoal, por uma lucratividade que não é tão efetiva, uma vez que é preciso de uma equipe maior e isso representa custos.

Volto a perguntar pra você: quem é seu cliente? É preciso estar munido de todas as informações possíveis para adotar estratégias corretas. A classe C não está atrás de preços abaixo do mercado, ela quer ser respeitada e investir em produtos/serviços com preços justos. E quem vai mostrar esse valor é você, através de um bom atendimento e serviço de qualidade. O conceito de “Novo Luxo” nos ajuda a trabalhar pontos importantes para garantir  preços com margem de lucro mais elevada sem que o cliente se sinta ofendido. O segredo está em encantar o cliente e para isso os 4 E´s são essenciais para a conquista dessa sociedade emergente. A Excelência, Estética, Experiência e Ética são trabalhadas em conjunto e vão lhe garantir qualidade no atendimento, qualidade na sua vida pessoal e fidelidade do seu paciente.

Excelência – É o cuidado na prestação do serviço , garantindo a satisfação do cliente ao ponto que o investimento aplicado trará o retorno desejado cumprindo com o objetivo a que se propõe. Afinal, em relação a classe C, não é possível se dar ao luxo de perder dinheiro. Essa atitude se comprova ao comparar as compras de supermercado das Classes A/B e C/D. As classes mais altas gastam menos com produtos em que “não põe a mão” como detergente e materiais de limpeza, testando produtos novos do mercado e mais baratos. Já as classes mais baixas, levam produtos de marcas conhecidas porque, apesar do preço, tem eficácia comprovada. 

Estética – O belo é apreciado independente da classe. Ter um consultório aconchegante e que atenda as suas necessidades e a do seu cliente de forma humanizada, é essencial. Experiência – O atendimento é o ponto chave para a venda e por isso o treinamento de funcionários é tão importante. O consumidor precisa se sentir acolhido e valorizado.

Experiência – O atendimento é o ponto chave para a venda e por isso o treinamento de funcionários é tão importante. O consumidor precisa se sentir acolhido e valorizado.

Ética – Todo esse respeito iniciado no ato do atendimento deve permanecer após ele, em todos os pontos de contato com o cliente, trabalhando de forma ética e responsável. Por exemplo, usando ferramentas de e-mail marketing,mala direta e até mesmo no cuidado em tirar simples dúvidas do seu paciente.

 

 

Pricila Paro
É graduada em Publicidade. Pós-graduada em Marketing e Gestão Hospitalar. Atua na área de marketing de uma grande instituição de saúde baiana. Colunista do Empreender Saúde. Escreve para o blog www.traineedeceo.com.br com foco em comunicação e marketing para novos profissionais.  Assessora profissionais de saúde que buscam otimização na gestão de seus consultórios e clínicas.
 
A reprodução dos textos de autoria de Pricila Paro são PERMITIDAS desde que citado o autor e o endereço eletrônico http://www.traineedeceo.com.br/