A tecnologia auxilia a vida de vários profissionais e conquistou de vez um dos setores mais tradicionais: o da saúde. Os médicos correm contra o tempo, tem alto interesse por tecnologia e poder de consumo. Esse perfil fez com que virassem alvo de novos aplicativos que chegam no mercado.

O mercado de TI cresce em média 10% ao ano, de acordo com a consultoria IDC e tamanho crescimento precisa de profissionais, por isso 8 em cada 10 estudantes abandonam a graduação de informática antes do término do curso. É a famosa relação da oferta e da procura. O poder da tecnologia na área da saúde gerou um novo tipo de mercado dentro da TI, denominada Informática Biomédica. O curso de graduação já existe na FUVEST e engloba as Ciências da Computação, Biológicas e da Saúde. Esse profissional, além de desenvolver softwares para hospitais, clínicas e centros de pesquisa, também lida com Banco de Dados e criação de equipamentos.

A febre dos Apps também chegou para a medicina, um exemplo simples é o MóbileCare desenvolvido pela MTM Tecnologia em parceria com a TIM. O aplicativo permite que os médicos estreitem o relacionamento com os pacientes através de lembretes para consultas pelo SMS e acessar a biblioteca médica da AMB, CBHPM, TUSS e CID-10 pelo celular. Além disso, os profissionais podem calcular valores a serem recebidos pelos procedimentos médicos realizados.

Até o dia 31 de Março de 2012 o MóBileCare estará disponível gratuitamente para Iphone e BlackBerry Curve 8520, mas após essa data, passará a custar R$9,99 por mês.

 Imagem: Reprodução