Melhor do que colocar apenas conceitos para explicar o marketing esportivo, é demonstrar de forma multimídia. Por isso, para abrir esse post, segue uma reportagem da Reclame (programa sobre publicidade e marketing no canal Multishow), dividida em 2 partes, que mostra como está o Marketing esportivo no Brasil.

Enquanto os jogos internacionais são super eventos, onde o basquete, vôlei, futebol e baseball são motivos para altos gastos por impulso, aqui no Brasil o marketing esportivo ainda tem muito o que crescer. Essa modalidade de marketing meche com fortes sentimentos do consumidor e precisa ser cuidadosamente trabalhada. Mas se você acha que o futebol é o preferido para os especialistas em marketing esportivo, está muito enganado. O Brasil possui um time de vôlei com estrutura nos padrões internacionais, é o Vôlei Futuro. Esse time de Araçatuba- SP apresenta um projeto de marketing que impressiona, fazendo com que toda a cidade respire o voleyball. O cuidado vai desde a hora da compra ( com formas de pagamento diferenciadas) até a customização de peças de vestuário e acessórios, com a marca Vôlei Futuro e assinatura dos jogadores. Grandes nomes estão lá, como Willian, Ricardinho, Paula Pequeno  e Stacy.
A frente de tudo isso, está uma ex – Trainee de Ceo, Marcela Constantino, que com apenas 28 anos conseguiu chegar a diretoria do projeto que esse ano completa 10 anos. Um case de sucesso e inspiração para nós que queremos chegar cada vez mais alto.